Review iPhone 4s

Depois da frustração geral por não termos um iPhone 5 neste ano veio a análise mais racional da curta história de vida do smartphone da Apple. Tudo estava pronto para a mesma evolução do 3G para 3Gs, depois de uma grande mudança vem um aprimoramento. É exatamente isso que o iPhone 4s significa, pois ele melhora em alguns aspectos mais óbvios e outros nem tanto a experiência de uso do aparelho. Aqui vai um relato das minhas minhas primeiras duas semanas de uso.

Pequenas mudanças

Por fora, a única maneira de saber que não é um 4s é através das ranhuras das bordas, que são as antenas também. Alias, esta é uma das mudanças, ele agora não possui mais o problema de degradação do sinal quando se segura em determinadas posições. Ele tem duas antenas e alterna inteligentemente de acordo com a intensidade de sinal. Mais adiante falo de alguns problemas aqui….

Tive a percepção, e confirmei em outros reviews, que o botão home mudou o mecanismo. Vários usuários tiveram problemas no mecanismo no iPhone 4. Um outro pequeno detalhe é o volume maior do alto-falante, talvez para a Siri funcionar melhor!

Siri

Por falar nela, apesar de só termos em inglês, e outras poucas línguas, já é possível interagir muito bem. O grande lance aqui foi unir o reconhecimento de voz com inteligência artificial tornando mais perto da conversação entre duas pessoas. A Siri lembra de algumas coisas e não é preciso repetir, como nas conversas entre pessoas. Quando faço uma pesquisa sobre Nova Iorque não preciso repetir o nome da cidade para perguntar sobre: tempo, pizzarias ou hoteis.

Siri era o nome da empresa que a Apple comprou e resolveu continuar adotando o nome original. Na realidade, esta tecnologia nasceu no DARPA, via SRI International’s Artificial Intelligence Center. Trata-se de uma pesquisa de mais de 40 anos em inteligência artificial que pode mudar a maneira de nos relacionarmos com smartphones e outros dispositivos de computação.

Fora dos padrões da Apple, este software foi lançado em Beta. Realmente ele falha em alguns momentos, foram raras, mas em algumas tentativas o sistema estava fora do ar. Ele manda informações para serem processadas nos servidores da Apple e volta já pronta para ser usada. Talvez por isso não existe mais o botão para se desativar a rede 3G.

Gostei muito de usar a Siri com fone Bluetooth e mandar emails e SMS sem tocar no teclado. O único detalhe é que a mensagem tem que ser em inglês, por enquanto.

Processador A5

Assim como em vários aparelhos Android o iPhone agora tem um processador com núcleo duplo, exatamente igual ao do iPad 2. Na prática, ele está ainda mais gostoso de se usar, com repostas rápidas e páginas Web muito mais fluídas. As Apps que eram pesadas mesmo no 4, como o Facebook novo, agora estão bem mais ágeis de serem consultadas rapidamente. Toda a experiência de usar o aparelho muda invisivelmente, mesmo os usuários leigos irão perceber.

A parte gráfica também aumentou com o processador e com isso os espelhamentos totais de tela, como no iPad 2, estão presentes aqui no 4s. Isso vale para as saídas VGA, HDMI e via AirPlay na Apple TV 2. Em todas as situações a qualidade é muito bacana!

Câmera

Aqui há um upgrade significativo tanto para fotos como para vídeos. Há algum tempo os fabricantes de smartphones perceberam que muitas fotos são tiradas em atividades noturnas e justamente este é o pior cenário para as câmeras com sensores pequenos. A Sony e Nokia foram as primeiras e agora a Apple aumenta o sensor e a distancia focal para melhorar neste aspecto. Alias, o fornecedor de câmera de 8mp é justamente a Sony, a Apple alterou o software e as lentes. O resultado é impressionante em varias situações, tentei mostrar a href=http://www.flickr.com/photos/23571213@N06/sets/72157628381243961/nesta galeria a gama de possibilidades/a. Em vários reviews na Web é possível ver comparações detalhadas. Fotos em macro me parecem ter tido um tremendo ganho em relação ao iPhone 4.

O vídeo agora é Full HD em 1080p com uma qualidade impressionante. Não tenho duvida que repórteres Web podem usar esta câmera profissionalmente com um mic externo como o iRig. O único detalhe é que ele não exporta 1080 para o YouTube. No iMovie, é possível exportar para galeria em FullHD mas não para o YouTube, o iPhone sempre baixa para 720p.

O processador A5 ajudou não só a rapidez para abrir a câmera como para tirar fotos em pequenos intervalos. É tarefa dele também a possibilidade de estabilizar imagens dinamicamente na gravação dos vídeos. Esta função funciona muito bem mesmo.

Testes de Video:

Aqui com edição via iMovie

Mas nem tudo está perfeito…

Todo o produto novo, mesmo nos padrões de qualidade da Apple, apresentam alguns problemas que não foram detectados nos testes antes do lançamento. Há um número grande de usuários reclamando do consumo demasiado da bateria. Em momento nenhum consegui detectar este problema. Usei em diversas circunstâncias, deixei a bateria zerar e depois carreguei toda a noite além de também fazer várias cargas curtas. Em nenhum dos casos a bateria me pareceu ter menos autonomia do que o iPhone 4. Eu uso todos os sistemas de Push ligados, além de Bluetooth sempre conectado ao telefone, e normalmente consigo chegar no final do dia. O 4s tem uma bateria um pouco maior do que a do 4, mas consome mais em pequenas questões como o fato de o sensor de proximidade estar sempre ligado quando o LCD está acesso. Isso é para poder acionar a Siri só encostando o aparelho no ouvido.

Mas, um bug sério que aconteceu com algumas pessoas na Web eu pude comprovar. Sou cliente da TIM desde o começo da operadora no Brasil e já usei todas as gerações de iPhone nesta rede, mas por algum motivo o 4s se mostrou absurdamente instável. Para fazer ligações a rede caía e depois voltava e liberava a ligação. Além disso, em uma média de 3x por dia vinha uma mensagem de “SIM inválido” e era preciso restartar o aparelho. Comecei a investigar nos fóruns e um dos motivos parecia ser o tipo de chip SIM. Troquei o meu por um mais novo e nada. Fiz dois restores sem sucesso também. Ai resolvi trocar de operadora, comprei um chip da Vivo e em 5 dias de uso está tudo perfeito. Nada de erro ou instabilidade. A minha impressão é que existe algum tipo de configuração ou autenticação de rede que é preciso ser modificado. Nos fóruns há problemas com diversas operadoras ao redor do mundo, até mesmo na ATT. Menos mal que resolvi, mas parece que a Apple mudou várias questões que ainda não foi sincronizado com as operadoras. Pode ser o sistema novo de troca de antenas dinamicamente, mas não é possível afirmar nada. Vamos ver agora no dia 16 com o lançamento oficial no Brasil. Vou atualizar este post.

Conclusão

A grande pergunta que todo mundo faz é se vale a pena trocar. Bem, para quem tem um 3G ou 3Gs com certeza. Para quem tem um 4 depende muito se a velocidade do processador, Siri e câmera são determinantes no uso de cada um. Para os hard users eu não tenho dúvida que vale a pena. Ele é um aperfeiçoamento do iPhone e o desenvolvimento do sistema Siri pode mudar muito a nossa forma de nos relacionarmos com os aparelhos. Só dou a dica para clientes da TIM, ou para quem não quer arriscar muito, que espere mais algumas atualizações de software da Apple e regulagens de rede das operadoras.

Update  17/12/11

No dia 15 saiu uma pequena atualização de build do 5.01 que agora funciona perfeitamente com a TIM.

 

Leave a Reply