,

A mesa da Microsoft

surface1.jpg

A idéia em si não é nova, já vimos há alguns anos o Prof. Federico Casalegno do MIT nos demonstrando um projeto em parceria com a Philips para a Comunidade Européia onde pequenas cidades tinham informações sobre a memória da comunidade em mesas de restaurantes, parada de ônibus e outras localizações. Foi uma das primeiras pesquisas sobre ubiqüidade que eu vi e desde então estou em contato com o Prof. Casalegno.

A Microsoft lançou a idéia desta mesa chamada de Surface no começo do ano, mas sem um uso bem claro. Aplicações existem várias, mas é importante ressaltar que não é um substituto do PC e sim mais uma forma de comunicação. O pessoal da Arstechnica conseguiu uma e fez um super review. Alias, guardem este site que vale a pena.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Comments (

0

)