Apple fecha o Think Secret

thinksecret.png Depois de alguns anos de processo a Apple venceu e o site Think Secret está fechando as suas portas. Este caso ficou famoso porque foi um adolescente que contou com a ajuda de um grupo de advogados voluntários que tentavam lutar contra uma grande empresa.  O Think Secret descobriu vários segredos através de informações dos próprios funcionários da Apple. Na corte a empresa pediu que o dono do site revelasse suas fontes porque os funcionários não podem por contrato revelar segredos. Nas aulas de jornalismo usamos este exemplo para mostrar que mesmo não jornalistas hoje fazem o papel de jornalistas perante a justiça.

Não entro aqui no mérito do direito ou não da Apple de fazer isso. Mas, no mínimo é uma atitude antipática de uma empresa que sempre se caracterizou por pensar diferente.  Olhem o post final do site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Comments (

4

)

  1. Ricardo

    Acho que o Ubimidia não pode contornar este assunto. Tem que entrar no debate, que é da liberdade de imprensa e de expressão tão usados na desqualificação de governos eleitos de nossa redondeza (com uma argumentação, neste caso,manipulada na maior parte das vezes) . A Apple precisa ser encarada – a despeito da admiração pelos seus produtos – como o que é: uma grande corporação, com seus interesses financeiros freqüentemente em choque com as liberdades civis, como no caso do DRM em que Jobs teve postura no mínimo ambígua, pronunciando-se tardiamente. Dá um belo podcast.
    Abraço e parabéns pelo blog.

  2. edupel

    Ricardo, obrigado pelo comentário. Tens razão, eu queria simplesmente espalhar a notícia. Temos conversado bastante sobre isso na universidade. O caso da Apple é interessante. Eles cresceram com um discurso e agora estão precisando mudar para entrar no jogo das grandes. O caso do DRM me parece que eles nunca quiseram realmente, mas só puderam deixar público depois. No iPhone é a mesma coisa. Imagino que eles prefiram vender livremente, mas só depois de contornar as regaras de mercado.
    Em defesa da empresa eu acho que eles conseguiram dobrar as duas indústrias mais complexas que existe e mesmo assim sair com poucas lesões.
    Valeu,

  3. Nitrium

    Fico pensando que tipo de jurisprudência isto vai criar para a Apple versus outros fan sites, heh.

    Abração.

  4. edupel

    Pois é, vamos torcer para que seja o primeiro e o último. Mas realmente me parece que o guri tocou em alguma ferida. O Appleinsider.com é muito mais eficiente e até hoje nunca aconteceu nada.